Maria Anoria Jesus de Oliveira

Pós ­doutoramento em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Bolsista CNPq (2015). Possui doutorado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba/UFPB (2010), com estágio sanduíche/CAPES (Moçambique/Maputo). Tem Mestrado em Educação pela Universidade do Estado da Bahia (2003), Especialização em Literatura pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo/PUC­SP e Graduação em Letras (PUC­SP). É docente efetiva do Programa de Pós Graduação em Crítica Cultural (Pós Crítica) da Universidade do Estado da Bahia/UNEB e do curso de Letras (UNEB) Prof. Adjunto/efetiva da mesma instituição e vice­ coordenadora da Linha 2 do Mestrado (Letramento, Identidades e Formação de Educadores). Tem participado de mesas redondas em eventos acadêmicos na área de pesquisa, com experiência e publicações em Letras e Educação (artigos, capítulos de livros), cujas ênfases são: Literatura infanto­juvenil afro­brasileira e moçambicana, literatura negra (afro)brasileira, educação antirracista. Autora do livro Áfricas e diásporas na literatura infanto­juvenil no Brasil e em Moçambique (EDUNEB, 2014). Atua, principalmente, com os seguintes temas: Literatura infanto­juvenil brasileira e moçambicana, formação de educadores/as para as relações étnico­raciais, antirracismo, educação (Lei 10.639/03). Tem coordenado projetos no campo da Literatura e Cultura Afro­Brasileira e Africana, abrangendo a extensão e a pesquisa (LIFE/CAPES); Vivências/PROEX e o Ensino (PIBID/FAPESB). No momento orienta dissertações de Mestrado cujas temáticas focalizam a Literatura Negra (Afro) Brasileira e a Educação Escolar Quilombola, a Lei 10.139/03 na Educação Básica. Na Iniciação Científica orienta projetos sobre a Literatura infanto­juvenil (afro)brasileira e africanas (moçambicanas e angolanas).

back to top replicas de relogios iwc